sexta-feira, 6 de maio de 2016

Mocajuba: a era da transparência chegou

Está no ar o site para divulgação das contas públicas mocajubenses.
Veja,

http://www.governotransparente.com.br/acessoinfo/4477490/consultarliqdesporcpessoal

A transparência é uma questão republicana - que fortalece a democracia. Ao saber sobre o uso dos recursos os municípios é estimulado a participar, agir. Sente-se mais próximo do governo e parte dele.

Destaquemos,

Nosso portal foi posto por força da pressão do Ministério Público de Mocajuba (PA) - muito tempo após o estabelecido pela lei.

Em tempos da era da informação e das ferramentas intuitivas o site parece feito para esconder.

Contudo, um avanço.
Não do governo - obviamente.
Mas da democracia mocajubense.
Avancemos.

quinta-feira, 5 de maio de 2016

População Volta a denúnciar crimes ambientais promovidos pela prefeitura municipal de Mocajuba (PA)

reprodução internet


A denúncia foi feita pela mocajubano Paulo Baía e está circulando nas redes sociais depois de inúmeras reclamações pontuais de crimes ambientais praticados pela prefeitura no que tange ao não gestão de resíduos sólidos.  



A continuidade do lixão e não construção do sistema de tratamento expõe a população a vários tipos de poluições, com destaque para a poluição derivada da queima sistemática do lixo e contaminação do ar; e da contaminação dos igarapés, a exemplo do Maia, e do Igarapé do Ipixuna.


O desabafo diz: 

Onde está o ministério público de Mocajuba que não vê está situação prefeitura de Mocajuba despeja todo tipo de lixo na beira da PA 151 bem próximo a cidade e os vereadores onde estão?


A ausência total da gestão dos resíduos sólidos é um problema crônico em Mocajuba (PA). Os últimos governos anteriores a Rosiel Costa (PA) nada fizeram e saíram com graves problemas com  as leis que regem os princípios administrativos. 



A gestão ambiental é uma ferramenta importante do desenvolvimento sustentável e infelizmente mesmo após vinte anos de criação do Sistema Nacional de Meio Ambiente (Sinama, clique aqui), uma estrutura nacional que ordena a questão ambiental , Mocajuba não possui Secretaria de Meio Ambiente, e consequentemente o sistema municipal de meio ambiente também não está construído.


Ou seja, no que se refere a questão ambiental em sentido largo, estamos no período das trevas em Mocajuba (PA) nossos governantes e legisladores vivem com as intenções voltadas aos seus interesses privados. 




Enquanto isso, a vassalagem diretamente associada segue com olhos mudos e vigilante pelo momento em que pode obter algum privilégio. 



Muda e surda a vassalagem diretamente associada a velha oligarquia - seja do grupo de A, B , ou C - (Rosiel, Amadeu, Zé Antônio...) não pode tem conseguido manifestar-se e, mesmo insatisfeita espera - posto que pode sobrar um cargo, uma vantagem, uma amizade no núcleo do poder para fazer mais importante.





Infelizmente, é no jovem e que temos que buscar as mudanças sob pena de aumentar nosso flagelo.




A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que foi sancionada em 2 de agosto de 2010, determina ações importantes neste campo: 

1.a extinção dos lixões do país, 
2. implantação da reciclagem, 
3. reuso; 
4. compostagem;
5. tratamento do lixo;
6.Coleta seletiva nos municípios.


A desculpa são é sempre a falta de recursos financeiros. Contudo, devemos nos perguntar;

Isso é realmente verdade? 
Ou a prefeitura  poderia  avançar neste campo se tivesse vontade política, preparo e compromisso?


O fato é que se não está sendo cumprida a lei, a situação é de ilegalidade. Neste caso, cabe a população formalizar denuncia ao Ministério Público para que ajustes sejam mínimos sejam feitos. 
Informe-se leia sobre a lei aqui,










domingo, 1 de maio de 2016

Dona Titó! Muitas décadas de conhecimento! Parabéns do Blog.

Dona Titó e Carmen Américo
Sogra e Nora.
É sempre uma dificuldade expressar emoções;
Parabenizar quem se ama.
Mas é sempre o caminho necessário da vida.

Dona Titó,
Guerreira,
Ribeirinha Amazônica,
Agricultora
Pescadora
Extrativista,


E a gente precisa olhar as mulheres idosas como fonte de saber, inspiração e conhecimento,
Especialmente as amazônidas.
Que aprenderam com a floresta,
A magia da vida.



Conversar com ela é sempre uma inspiração para mim.
Parabéns Titoca.

Pará: Violência contra Mulher! Aumentou 78% no Pará. Quanto aumentou em Mocajuba?

reprodução
internet

Importante  reportagem do Jornal o Liberal. Compartilhamos com vocês com muito tristeza. O machismo possui muitas estratégias de dominação. Dentre elas estão as mais covardes e sutis - e tão ruins quanto a sua sua face mais violenta e a assassina. Por isso, o empoderamento feminino é uma obrigação de toda sociedade. Desde as idades mais tenras.

Mas é também questão primeira para a política pública em todas as esferas. A esfera privilegiada de ação é a escala municipal que está próximo e diretamente ligada aos cidadãos e cidadãs.





Veja.

O Ligue 180 registrou ao longo do ano passado cerca de 11 relatos por dias de agressão a mulheres no Pará, com um total de 3.927 ligações - taxa de 116,80 agressões a cada grupo de 100 mil mulheres do Estado. O número é 78% superior ao registro de 2014, quando foram anotadas 2.206 denúncias do Pará.


Os dados são do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, levantados a pedido de O LIBERAL, com base nas ligações recebidas pelo telefone da Central de Atendimento à Mulher (Ligue 180), um disque-denúncia que é a principal porta de acesso aos serviços que integram a rede nacional de enfrentamento à violência contra a mulher.


Desse total, 1.274 denúncias (32,5%) foram para relatar agressão física, o que representa mais de três acusações desse tipo de violência por dia. É quase o dobro do número denunciado no ano anterior, que fechou com 793 registros. O segundo tipo de violência mais relatado foi o de agressões psicológicas, com 625 ligações (16%).


A perseguição de mulheres, por exemplo, é um tipo de violência que se enquadra nessa classificação. Em média, elas responderam por uma em cada cinco denúncias que chegaram à central de atendimento, provenientes do Pará. Na passagem dos dois últimos anos, essa violência apresentou um acréscimo de 212 novos registros.


Ainda segundo o balanço de 2015 do Ligue 180 no Pará, em 66,3% dos casos relatados de violência contra a mulher (2.603) há a chance de feminicídio. Das 3.927 ligações relatando violência, 75% dos denunciantes informam episódios recorrentes de violência, com casos semanais de agressão. A Lei do Feminicídio – Lei nº 13.104, de 9 de março de 2015, tornou o assassinato de mulheres qualificado quando feito por menosprezo à condição de mulher.



Outro caso que possui alguma frequência é o de cárcere privado, com 124 denúncias no decorrer de 2015. Já o número de relatos de violência sexual é ainda maior, com 157 relatos, o que corresponde no Pará a um caso a cada dois dias. De acordo com o balanço, em comparação com o mesmo período em 2014, a Central de Atendimento à Mulher registrou aumento de 726,6% das denúncias de cárcere privado e de 324,3% nos casos de estupro. Apesar dos dados serem preocupantes, o Ministério das Mulheres avalia que o aumento dos relatos mostra a conscientização da população perante a importância de realizar a denúncia.





O levantamento mostra que é em casa que as mulheres paraenses são violentadas. Em 68,3% casos denunciados, a violência descrita foi doméstica ou familiar, sendo o atual companheiro da vítima o principal agressor (52,9%). O cônjuge também aparece como agressor em 15,2% dos casos e os ex-companheiros em 16,3%.


O tempo de relação das vítimas com os agressores aparecem como duradouros, sendo de 30,5% acima de dez anos e de 18,7% entre cinco e dez anos. Outra característica, é que na maioria dos casos em que a vítima possui filhos, eles presenciam a violência - um em cada quatro registros. Em quase 10% das denúncias, os filhos e filhas dessas mulheres também sofrem violência.



Já na análise do perfil dos denunciantes paraenses, surgem nas primeiras posições as próprias vítimas, com 45,4% dos registros, seguido pelos vizinhos, com margem de 4,1% dos casos. O serviço de denúncia funciona há mais de nove anos e já realizou mais de 4 milhões de atendimentos. Desde 2014, a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 acumula também as funções de acolhimento e orientação da mulher em situação de violência. O serviço também está disponível para brasileiras no exterior. São 16 países entre América Latina, Europa e América do Norte.




Feminicídio
Completou um ano na quarta-feira, 20, de abril o assassinato da jovem Ingred de Kássia Israel, considerada a primeira vítima cujo crime foi enquadrado na tipificação de feminicídio no Pará, e o suspeito, que era o namorado dela, está preso em uma unidade do Sistema Penitenciário do Pará aguardando julgamento.
De acordo com a Polícia Civil, ele confessou o assassinato, mas afirmou, em depoimento, que agiu em legítima defesa. A estudante foi encontrada morta com perfurações no corpo dentro de sua casa, em Ananindeua.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

conhecendo e cuidando da pele oleosa.

Olá amores, tudo bom?

Hoje vou falar um pouco sobre a pele oleosa.























PELE OLEOSA.

 Para manter a pele bonita e saudável exige cuidados diários, e essa ideia se reforça ainda mais se a pele for oleosa. 

A oleosidade pode ser uma característica permanente da pele e momentânea, pode ser desencadeada por estresse, variação hormonal, alimentação, e até mesmo no uso incorreto de cosméticos pode deixar a pele oleosa e com os poros abertos, exposição ao sol,  entre outros.

Normalmente, a oleosidade da pele se encontra na chamada zona T do rosto, nariz testa e queixo, e pode resultar em aparecimentos de puntos negros, cravos e acnes.

 Por esses motivos a pele oleosa necessita de alguns cuidados especiais. ;)

VAMOS AOS CUIDADOS BÁSICOS DIÁRIOS:

 O cuidado principal é usar os produtinhos indicados para a pele oleosa. ;) 

1- HIGIENIZAÇÃO-Lavar os rosto com sabonete com ativos que controlam a oleosidade do rosto, como ácido salicilico ou glicólico.

2-TONIFICAÇÃO- Após a higienização o ideal é tonificar a pele com loção adstringente para regular o PH da pele, que além de controlar a oleosidade, deixa os poros bem fechadinhos. 

3- HIDRATAÇÃO- Quem acha que pele oleosa não pode ser hidratada está enganado. heheh
a hidratação sempre é importante para manter o manto hidrolipidico da pele em equilíbrio. Quer uma dica? vitamina C em sérum. Eu adoro vitamina C e sempre indico para minhas clientes e elas amam de paixão, pois ela hidrata, nutre a pele, deixa com aspecto macio, sedoso, ajuda no combate a acne e controla a oleosidade. não é o máximo? Não tem como não amar a vitamina C gente. <3  <3

4-PROTEÇÃO- Indispensável no cuidado da pele. Gente, adiante tirar a sujidade da pele tonificar e hidratar e não proteger? ainda mais se for sair, que lá fora é um sol de fritar e queimar qualquer fototipo de pele.
 Então, vamos usar filtro solar para manter nossa pele bem protegida dos agressores externos.
Ahh, lembrando que, o filtro solar indicado para pele oleosa deve ser oil-free (livre de óleo), existem vários no mercado e de várias texturas. Particularmente eu amooo  filtro solar em pó, e minhas clientes então estão apaixonadas pela versão, pois além de proteger você fica maquiada, com a pele livre de oleosidade e leeendaaaaaaa.  
                                        


TRATAMENTOS ESTÉTICOS:

Os peelings continuam sendo a melhor opção para o controle da oleosidade. É ótimo pois abrange e trata varias patologias como acne, manchas, ruguinhas, além de deixar a pele macia, menos espessa e diminui os poros.
Tem o desincrust que trata somente a oleosidade da pele, Laser Co2, enfim, entre vários tratamentos que podem ajudar a controlar a oleosidade da pele. 

Para agendamentos mandem um zap para 982019662- Jucy Coelho ;)

Então é isso gente linda, caso seja esse seu caso,  consulte um esteticista  para lhe indicar o melhores produtos( desde o sabonete, tônico adstringente, hidratante e filtro solar)  
 Fica as dicas! espero que tenham gostado. ;) 
 ;) <3 
Afinal, é fundamental se sentir bem com sua aparência!

terça-feira, 26 de abril de 2016

Mocajubana!

Elizabeth Maciel
reprodução


Essa é  Elizabeth Maciel, a Bebeti. Nossa princesa negra, de ébano.
Guerreira.
Nossa gente, 
Que constrói a cidade.
Que sustenta a vida.
Que não tolera mais abusos.
+1


domingo, 24 de abril de 2016

Vamos falar de estética e saúde? [Juce Lopes]

Olá pessoal, tudo bem?

Primeiramente quero agradecer a Carmem Américo, dona do blog por ceder um espaço aqui para publicar um pouco do meu trabalho. Beijo Carminha😘;

Bom, meu nome é jucinele coelho, tenho 30 anos🙈🙊, filha de pais mocajubenses e atualmente moro em mocajuba. 

Muitos me conhecem e me chamam por Jucy. Também acho mais prático e melhor hhehehe...
Sou técnica em Estética e trabalho na área.


 Irei aparecer por aqui de vez em quando, para compartilhar informações e dicas sobre o assunto que eu amo que é a beleza e saúde  da pele.






Espero que vocês acompanhem as postagens e se sintam à vontade para dar sugestões, pois meu foco é passar conteúdos interessantes que ajudem vocês.
Beijos até o próximo post. ❤😘🌹

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Mocajubenses De Estilo Marcante : Phânny Jhennyffer


Repare na "pinta" de artista.
Ela faz parte de vários projetos de dança na cidade.
Mocajubana.
É chegada a hora de se pensar seriamente no jovem da cidade.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Mocajuba: Moradores denunciam falta de iluminação pública no Bairro da Pranchinha e os problemas derivados



Desde 1995, no Pará, as prefeituras são responsáveis pela iluminação pública.
E recebem recursos financeiros para tal atividade.


Em Mocajuba (Pa) moradores e moradoras denunciam a falta de iluminação e a exposição da população a riscos por conta do problema. Destacam que há uma escola no bairro e que a atividade fica comprometida por conta conta do escuro.


A Constituição determina que ao instituir a cobrança, o executivo municipal deve a prestar o serviço de forma eficiente, adequada e contínua. Além disso, Código de Defesa do Consumidor também prevê que os consumidores têm o direito de exigir a correta prestação do serviço pelo município. 



As ações civis públicas são instrumentos destes casos - visando obrigar o executivo local cumprir seu papel.


Importante ainda que, se o serviço não é fornecido, a prefeitura deve ressarcir os valores cobrados - contudo, tais ações são de caráter individual. 


Bem, os moradores e moradoras não precisam pedir. 
É um direito assegurado pelos seus próprios bolsos.


sábado, 16 de abril de 2016

Professor desabafa nas redes sociais e mostra ação comunitária na Escola São José de Acapu diante da ausência de ação do governo municipal





Professor Dioleno Coelho desabafa nas redes sociais e mostra a situação em que a Escola Municipal São José de Acapu, uma das Escolas Pólo construídas depois de duas décadas de luta popular como parte do programa de compensações ambientais e sociais da Eletronorte - empresa responsável pela Hidrelétrica de Tucuruí. 



Diante das condições apresentadas pela escola, os professores, professoras e a comunidade ocuparam o lugar do governo municipal fizeram um mutirão para limpeza do local.



Mocajuba (PA) parece viver um novo tempo em que os munícipes assumem a função de protagonistas e cuidam da cidade.  



Há mais coisas acontecendo,
Novidades sob o sol mocajubano!
Nosso parabéns a todos e todas.


*****
O Antes !


























O depois !
****























sexta-feira, 15 de abril de 2016

Mocajuba (PA) e sua tradição em formar marinheiros!

Paulo Nilson,
Mocajubano

[...]

Um dia eu percebi, a vida é mais doce pra você, tem um gosto que eu nunca conheci, feche os meus olhos e me faça sonhar, diga pra eu parar de me preocupar, me mostre como sempre acreditar. Eu quero acelerar o tempo corre e eu preciso te alcançar (De ElanePaes Para JuliePaes).

Corte do Bolsa família atinge aqueles que recebem o Bolsa Família! Em Mocajuba (PA) muitos saíram da Casa Lotérica em Prantos!




Mocajuba (PA) e toda a região do Baixo-Tocantins, têm atividade pesqueira, e milhares de pescadores estão registrados para receber o seguro de um salário-mínimo mensal nos quatro meses do período de defeso - quando a atividade é proibida. 

Desde dezembro de 2015 vêm sendo anunciadas, pelo governo federal, as novas regras do Bolsa Família e sua relação com o Seguro Defeso.  

Tais regras referem-se a suspensão do pagamento da Bolsa Família nos meses de recebimento do seguro defeso (de 1º de dezembro a 31 de março). Contudo, muitos receberam os dois benefícios regularmente. Porém, a suspensão chegou e ao tentar sacar o recursos há a seguinte mensagem no extrato:


"Benefício suspenso. Alguém de sua família recebeu o Seguro Defeso para Pescadores Artesanais. Pela lei Benefício da Bolsa Família ficará suspenso por igual período".


Importante: mesmo que o beneficiado não seja o responsável familiar, o benefício será suspenso.
Importante: Durante a suspensão as famílias devem cumprir normalmente as condições do Programa Bolsa família. Caso contrário terão o benefício suspenso.


Pois bem. Mocajuba (PA) recebe milhões todos os anos através das transferências de renda do Governo Federal. As famílias sentiram. O comércio ressentirá, afinal esse recurso circula no baixo circuito da economia: mercadinhos, lojas, feiras, armarinhos.


Urge que se pense formas de geração de emprego e geração de renda para a cidade. Seja para substituir, seja para complementar tais programas. Temos potenciais. E podemos trazer novas possibilidades para quem vive no campo e na sede municipal. Basta cessar um pouco a briga pura e simples pelo poder e repactuar o cuidado com a cidade.



quarta-feira, 13 de abril de 2016

Novo Promotor Público de Mocajuba (PA) ! Mais um momento de fortalecimento da justiça e da defesa de direitos.



Mocajuba (PA) conta com novo promotor de justiça. Thiago Takada Pereira assumiu a pouco tempo o espaço antes ocupado por Cláudio Bueno - que afastou para tratamento de saúde. Já havíamos falado do novo promotor aqui. Contudo, esse post é para destacar a necessidade de aproximação da sociedade com a instituição. 




Em uma sociedade injusta e desigual como a nossa, onde tradicionalmente os cidadão e cidadãs sentem-se distanciados e pouco a vontade para recorrer ao sistema de justiça, é preciso construir canais para fortalecimento do controle social. E da defesa de direitos. 





O Ministério Público através de seu corpo de funcionários , dentre os quais está o promotor de justiça, é por excelência, fisal da lei, o paladino da justiça, o guardião das leis, e portanto, aliado na construção de uma sociedade mais justa.




A sociedade mocajubense precisa construir uma relação de proximidade e parceria com o MP, especialmente, porque vivemos em um tempo nebuloso quanto a administração pública com um governo sub-júdice, precariedade dos serviços básicos de educação, saúde e saneamento básico. Neste último temos uma situação caótica com ruas sujas e lixo amontoados, esgoto a céu aberto, rios contaminados (ou com suspeita de) etc. 



Qualquer munícipe pode denunciar o não atendimento de direitos.  Infelizmente há pouca informação e formação neste sentido. Temos os sistemas de justiça como espaços estéreis a construção da cidadania e ao empoderamento social.



De um lado, os poderosos tratam direitos como privilégios. De outro, os demais, são levados a pensar que direitos são "favores". 








É o MP que promove a defesa independente dos direitos. Cuida dos interesses da sociedade de uma maneira geral, notadamente nos setores mais vulneráveis e mais necessitadas de amparo, como as etnias oprimidas (negros, índios, ciganos etc) , o meio ambiente, o patrimônio público e os direitos humanos, por exemplo. 




O MP ao mesmo tempo defende a sociedade dos abusos do Estado, e defende o Estado Democrático de Direito. Atuando como defensor, fiscal e advogado da sociedade e da justiça.




Mocajuba (PA) sempre esteve sob o jugo de uma oligarquia que apropriou-se da máquina pública e revesa entre um grupo de 10 ou 12 famílias esse processo de apropriação, contando com um grupo de "vassalos" (desculpem, muitos possuem seus méritos, ainda assim agem tecnicamente no exercício da vassalagem)  a serviço dela. De modo que a defesa de direitos está ofuscada  ao clientelismo, ao fisiologismo, e pelo patrimonialismo. 




O MP está e sempre esteve de portas abertas. 
Qualquer cidadão ou cidadã pode procurá-lo, sem grandes delongas e cerimônias. 
Segue os emails institucionais de seus membros locais:


ridher@mppa.mp.br;

***

thiagopereira@mppa.mp.br


***

E o telefone:

(091) 3796 1188


Use com moderação!








terça-feira, 12 de abril de 2016

Impeachment

Domingo é nosso novo dia D.
513 deputados votam o Impeachment da presidenta Dilma.
Para que o processo siga é preciso que 342 deputados votem a favor.
[...]
Dois terços.
[...]
E então o processo segue para o senado.
[...]
Para ser instaurado.
É preciso apenas que a maioria dos presentes votem.
Se a maioria votar pelo Impeachment.
[...

Dilma é afastada por 180 dias.
[...]
Se passar, no Senado.
Para ser votado.
[...]
Então teremos uma decisão final.
Se a maioria votar contra o processo é arquivado.
Se a maioria votar a favor, Dima é perde o cargo.

***
Temer será o novo presidente.
***



Qualquer escolha é difícil.
O país vive uma crise, sem um horizonte de aceno para uma possibilidade de mudança.
A linha de sucessão está completamente contaminada pelo descrédito popular.




"Veja bem, meu amigo, a consciência é um orgão vital e não um acessório, como as amígdalas e as adenóides."(Martin Amis)

Leitores do Amazônidas por ai...


localizar