terça-feira, 1 de setembro de 2015

O dia nacional dos profissionais de Educação Física e a Política Pública Local voltada ao esporte!




Em Mocajuba - Pa, os professores e professoras que fazem a diferença no dia-a-dia dos alunos e alunas: Professor Marcos Lopes, Professora Hélen Fernandes, Edmar Barros, Helen, Elizeni, Vagner, Esmelinda, Miller, Lidiene, Marcos, Laura, Maria das Graças, Aleixo, Artiane, Cornelio  Junior, Nilda, Nando, Suane, Valdemir Felix( Tinhão). E quantos mais ? 


O papel destes profissionais é condição fundamental para o desenvolvimento dos meninos e meninas e uma cidade como a nossa que tem no esporte um de seus pontos centrais da cultura - o papel deles torna-se ainda mais relevante. Mas Carmen, em Mocajuba não é igual aos demais municípios da região e do país?




Não. 
Em nosso País das Mangas, há um movimento diferenciado de inspiração grego-ateniense chamado "Semana Estudantil" que mobiliza toda a cidade, dando grande visibilidade a cidade. A Semana da Pátria é um momento de maior capilaridade e volume que envolve todo o município e dá a dimensão da importância do esporte para a sociedade local e que pode estar mais articulado a Semana Estudantil, de forma mais orgânica e efetiva. De qualquer forma, é da atividade dos profissionais de educação física que temos os resultados para a formação dos atletas, mesmo que não só.





Há um movimento de revalorização da Semana Estudantil Mocajubense, e que a meu ver, passa pelo diálogo e revalorização de toda a rede de profissionais que trabalham com o esporte. Porque o trabalho de desenvolvimento dos atletas começa na escola. A SEM, mesmo em baixa, é um produto turístico, que relaciona-se com toda a sociedade mocajubense na medida em que atraí pessoas para cidade. Não pode ser apenas instrumento político, deve ser aberto  de forma verdadeira e com instrumentos para assegurar a participação e construção coletiva. Ou corre o risco de virar um equipamento nas mãos de uns poucos e a serviço destes.



De modo que a SEM tem que sair da seara dos egos e disputas políticas e tornar-se instrumento de mobilização de toda a rede de profissionais da cidade, que preparam os meninos e meninas o ano inteiro.[Não raro,inventa-se uma "bubice" de trazer tudo de fora, com uma síndrome de colonizado]



Ou seja, as políticas e as ações devem ser integradas, sistemáticas, e contínuas. E para tanto, os profissionais de Educação Física que lidam dia-a-dia com o desenvolvimento dos jovens da cidade precisam de valorização e apoio da sociedade e do poder público. Jovens ávidos por atividades e políticas de inserção. Capital humano temos, tanto na cidade, quanto fora dela, como por exemplo, meu amigo, Edy Moreira.


Mocajubano, Edy Moreira
prof. Educação Física
Por outro lado, quem sabe no futuro não se cria um evento comemorativo do deste dia a exemplo de outras cidades. como forma de promover a profissão, seus profissionais e a atividade. Um Agita Mocajuba, por exemplo. Mobilizado a partir da escolas: Regina Costa, Abel Figueiredo, Almirante Barros, Isaura Baia, Padre Pedro...

Que tal? 

Assim quem sabe esta bloguer que vos fala não anima-se com a atividade física. 

Não. 
Ops! 

Esses eventos têm se mostrado eficazes na promoção das atividade s físicas no âmbito da sociedade como um todo, e, por via de consequência, dos profissionais. Bons eventos encontram recursos em várias instituições de patrocínio e financiamento.

O enorme parabéns do blog!  Veja o vídeo do CONFEF - Conselho Federal de Educação Física




2 comentários:

fernando santos disse...

PARABÉNS A TODOS OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO, EM ESPECIAL, AOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA...

Anônimo disse...

Parabéns educadores!!! Como não poderia parabenizar em especial os profissionais de Educação da nossa Mocajuba, onde começou minha formação!!!

"Veja bem, meu amigo, a consciência é um orgão vital e não um acessório, como as amígdalas e as adenóides."(Martin Amis)

Leitores do Amazônidas por ai...


localizar