segunda-feira, 24 de maio de 2010

Uma prefeita para Mocajuba

Ana Mira Valente, professora e militante do PPS mocajubense, encorajou-se e está construindo sua candidatura para prefeita de Mocajuba para próximas eleições municipais. 


"Ela acredita que é possível criar uma base com lideranças sociais mais comprometidas com o municípío de Mocajuba, e menos com seus instestinos, como é o caso de Rosiel Costa, Wilde Colares e Fátima Braga", informou seu parceiro de partido e procurador do estado, Reginaldo Ramos.


Bem, fico muito feliz com a iniciativa. Meu irmão Maurício Américo, há tempos, "canta esta pedra":  uma  mulher para prefeitura de Mocajuba.

Não acredito que o gênero (homem ou mulher), sozinho, faça um  candidato  bom ou ruim. Mas a vontade de construir o primeiro projeto político popular de Mocajuba...Ha!!! isso faz.


Os rumores dão conta que Wilde Colares (PMDB) só não viria como candidato se estivesse impedido. Mister Alquindar Barbosa (PMDB)  verbalizou esta hipótese. Bem, existem muitos  muitos processos contra ele no TCM-PA. Se ele for condenado, terá comprometido este retorno. Por outro lado, a sua empresa Barindaua, ou Fazenda Barindaua, está muito bem, obrigada. Como diz, o ditado popular de desdém. Ao lado de sua ex-mulher e parceira inseparável adminstra um negócio milionário voltado a produção do açaí e já insere-se também na cadeia do dendê. Bem, formalmente o negócio é da minha xará, Maria do Carmo.


Fátima Braga, a herdeira política de Amadeu Braga, já montou seu similiar do ABRIGO ROSIEL COSTA -  uma entidade não governamental para mostar trabalho na cidade. Está fazendo seu trabalhinho por lá, presente, visitante assídua e diretora de uma rádio local. Ops !!! Mas ela não é PMDB ?




Edno Nunes, do PT e diretor da Sepaq (Secretaria Estadual da Pesca) em Belém, também está preparando-se para o pleito. Mais presente na cidade, certo dia ele me disse entusiástico:

- Carmelita, quase toda semana estou na cidade !!!!!

Bom sinal, minha mãe, sua eleitora histórica deixou de votar nele, pelo seu sumiço da city.

Mas isso não é coisa resolvida no PT, já que tanto Nelson Meirelhes quanto Benélia Miranda estão no páreo dentro do partido, e o desempenho do Edno Rocha (que virou Nunes) nas últimas eleições não ajuda muito.
Mas ele é guerreiro e está no tabuleiro.

Nelson Meirelhes é coordenador do planejamento territorial participativo na região do baixo-tocantins (PTP) um programa do governo paraense e está cada vez mais bem situado.

 Benélia Miranda, além de estar diretamente ligada aos projetos de construção de casas populares na região do baixo-tocantins, também tornou-se recentemente asssessora técnica do governo do Pará lotada na secretaria de agricultura.


Bem, o Edno Nunes saiu na frente nesta corrida interna: construiu a casa na beira do rio.  O Nelson Meirelhes que inventou esta estória -  que só ganha a eleição quem tem casa na beira do rio, na primeira rua.


Em outro bloco, ainda confuso,  ainda temos o José Antônio Guimarães que cultiva o sonho de tornar-se alcaide mocajubense.


Bem, pode o leitor pensar que é  cedo ainda. Mas no jogo político, nunca é cedo. Principalmente, se a idéia é contruir uma candidatura realmente comprometida com a mudança. Para além dos amigos e amigas do poder - quem tem interesse político eleitoral está se organizando. O pior é que os amigos do poder também estão. Cruz credo !!!

De toda forma, a democracia agradece. Mas ainda vai agradecer o povo de Mocajuba já acostumado a lógica patrimonialista e seus derivativos que reina em nosso município.


Couraje Ana Mira !!!!!!!!!!!!!! Engata a marcha 2 e vai !!!! Gostei.

10 comentários:

Reginaldo Ramos disse...

Só um reparo:
Sou procurador da adm indireta, no caso, do DETRAN.

Anônimo disse...

Acho louvável a idéia de sair deste círculo vicioso de um pequeno grupo de famílias de Mocajuba que se agarram na prefeitura e revezam entri o poder de usufruir do dinheiro público empregando do pririquito ao papagaio, da esposa, sogro e cunhadas até amante eo o marido da amante.... Além de que estão fazendo da prefeitura um balção de negócios.

Vamos varrer esta gangue.
Não posso me identificar, por conta das retaliações. Mas logo poderei.

Clovis Clementino Sabá disse...

Realmente é uma idéia simpática e politicamente correta,desde que ela coloque em prática todos os principios que requer o cargo majoritário desta simpática cidade tocantina da qual me orgulho de ser mocajubense, embora radicado fora,mas fico torcendo sempre para que se faça sempre o melhor por MOCAJUBA.

Anônimo disse...

Vc esqueceu de dizer que o Edno foi vice do Amadeu Braga, depois a Benélia e o Nelson viraram secretários do Wilde. Se o saco do Wilde levar um tiro, como vc mesma já disse uma vez n orkut, a mão desse sdois fica furada igual uma peneira.

Também esqueceu de propósito que o Amadeu Braga é primo do teu marido.

Amigos do poder mais que estes três não tem...

E de onde vc tirou o Zé Antônio ? Não é Zé Guimarães, outra viúva do poder ?

Quer falar, fala mas fala de todo mundo... e não esquece dos teus

Carmen Américo disse...

Caro anônimo,

Não use sua regra para medir minhas postagens.

Não estou a esconder-me por trás de um anonimato.

Se não lembrei de detalhes da biografia de um ou outro citado, não entenda como uma atitude deliberada para esconder algo.

Eu apenas fiz uma análise rápida em demasia.

Isto é um blog. Outras informações podem ser postadas.

Quanto ao meu parentesco com o senhor Amadeu Braga, isso faz me rir. Se eu vir este senhor nas ruas, não saberia dizer quem é. È verdade que ele é primo do meu companheiro. Sim!!! E daí ?

Ora bolas !!!

Os meus, quem são os meus??

Os meus são aqueles que querem construir uma Mocajuba melhor.

att

Carmen

lanna mezes disse...

Cara Carmen!!! gostei muito da idéia de varrer essas gangues que ficam revesando a prefeitura e que visão apenas seus enteresses e suas contas bancarias em quanto o povo continua sofrendo com éssas más administrações;
E tbm de elegermos uma mulher para a prefeitura;
mas a respeito dos provaveis nomes a candidatura como a profª Ana mira valente. Acho que devemos pensar em quem realmente conhece a realidade do municipio como a excluida do poder a atual vice-prefeita, essa tem demostrado que tem enteresse em trabalhar em prol deste municipio...

lanna mezes disse...

Na minha opinião e de varias pesoas que moram em mok, ALDA FERREIRA seria o melhor nome a prefeitura de mocajuba ela sim tem um trabalho incansavel na nossa cidade mesmo excluida da gestão atual ñ deixa de ajudar seu povo...
"hoje mesmo fui procurar a ALDA e fiquei sabendo que estar para belem,foi levar duas 3 melheres p/ fazer tratamento,pq ñ podemos contar com a saude deste municipio porque as pessoas tem medo de serem assacinadas no hospital"...rssrs meu povo cade a nossa segurança
um grande abraço...

Alda Ferreira força força!!!!
juntas venceremos

Carmen Américo disse...

Não entendi o que você quer dizer "com excluída do poder"?
Existe leve contradição no seu comentário.

Anônimo disse...

SOU MOKAJUBENSE E MORA A BASTANTE TENPO AKI EM BARCARENA E NUNCA ME DESLIGUEI DA POLITICA DE MOKAJUBA, EU ESPERAVA MAIS DA ALDA, E LAMENTAVELMENTE ME DECEPCIONEI!!!ÑÃO APOSTO NELA COMO PREFEITA, ACHO QUE ELA FOI INFELIZ OA SAIR DO GOVERNO MUITO CEDO,SEI BEM QUE O ROSIEL SO SABE FAZER FESTA... MAIS ELA COM TODA SUA INTELIGENÇIA DEVERIA TER FIKADO MAIS PERTO DELE PRA VER DE PERTO AS BOBAGEM QUE ELE IA FAZER E DEPOIS SAIR,SAIR ASSIM COMO ELA SAIU ME CAUSA DUVIDA,ESTRANHEZA E MUITO MAIS COISA, EU NÃO APROVO ELA COMO PREFEITA

Carmen Américo disse...

Prezado Anônimo,

Não sei se você percebe que, como anônimo o seu comentário tem pouca relevância.

att

Carmen

"Veja bem, meu amigo, a consciência é um orgão vital e não um acessório, como as amígdalas e as adenóides."(Martin Amis)

Leitores do Amazônidas por ai...


localizar